Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5221
Título: Software para a supervisão de boas práticas de fabricação de uma agroindústria
Título(s) alternativo(s): Software for the supervision of good manufacturing practices in an agrobusiness
Autor(es): Oliveira, Danieli Thaisa
Orientador(es): Mendonca, Saraspathy Naidoo Terroso Gama de
Palavras-chave: Processos de fabricação
Controle de processo
Linguagem de programação (Computadores)
Manufacturing processes
Process control
Programming languages (Electronic computers)
Data do documento: 22-Jun-2020
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Medianeira
Citação: OLIVEIRA, Danieli Thaisa. Desenvolvimento de software para o controle de qualidade de uma agroindústria no oeste do paraná. 2020. Dissertação (Mestrado em Tecnologias Computacionais para o Agronegócio) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Medianeira, 2020.
Resumo: Para o auxílio no processo da garantia da qualidade e segurança dos produtos do ramo alimentício, diversas ferramentas podem ser utilizadas, dentre as existentes pode se destacaras Boas Práticas de Fabricação (BPF), que devem ser adotadas por todas as indústrias de alimentos e pelos serviços de alimentação. O presente estudo teve por objetivo desenvolver um software para auxiliar o setor do Controle de Qualidade de uma agroindústria, localizada no Oeste do estado do Paraná, a fim de facilitar o controle sobre a geração de advertências aos colaboradores, que descumprem as Boas Práticas de Fabricação em relação a higiene pessoal, necessária para a manipulação de alimentos, garantindo assim melhor qualidade e segurança dos produtos elaborados, criando uma tecnologia ainda não disponível na empresa, e otimizando o tempo de trabalho aplicado à geração das advertências. O programa foi escrito na linguagem Visual Basic for Applications(VBA),utilizando-se o software Excel 2016 da Microsoft. Através de um questionário estruturado, aplicado antes e depois do desenvolvimento do software, foram observadas as expectativas que os usuários tinham em relação a sua funcionalidade, e também quesitos que envolvem a qualidade do programa em funcionamento. Os usuários avaliaram o software com uma nota final média de 9,2, destacando-se a sua satisfação, otimização do tempo aplicado à geração das advertências e consequentemente exigência mais intensa aos manipuladores, por práticas adequadas de higiene e garantia de mais qualidade aos produtos elaborados. Em relação à conduta dos manipuladores, referente a sua higiene pessoal e práticas que a envolvem, os dados obtidos através da análise dos registros fornecidos pela empresa, demonstraram que as não conformidades com maior incidência pelos manipuladores, foi a presença de unhas compridas com 338 registros representando 31% das não conformidades, seguido da presença de barba com 322 registros e 29% e objetos no bolso com 144 registros e 13%.Verificou-se também que a incidência de não conformidades é maior de uma seção para outra, sendo que a seção de congelamento com 7,16% representa o maior índice e as seções mecânica frigorífica, salsicha, refinaria, graxaria e almoxarifado com 0%, configuram o menor índice. Considerando-se as avaliações aplicadas sobre as Boas Práticas de Fabricação, aos funcionários da empresa, verificou-se que asnão conformidades cometidas, não coincidem com as respostas erradas apresentadas nas avaliações, provando assim que não é somente a falta de conhecimento que induz o manipulador a cometer as falhas na prática de higiene, mas também outras questões intrínsecas ao ser humano como por exemplo a motivação, porém não deve-se excluir a prática e fornecimento de treinamentos sobre as Boas Práticas de Fabricação, e sempre que possível e necessário, inteira-los sobre as normas e ações a serem respeitadas e adotadas sobre o assunto.
Abstract: To aid in the process of guaranteeing the quality and safety of food products, several tools can be used, among the existing ones, the Good Manufacturing Practices (GMP) can be highlighted, which must be adopted by all food industries and by food services. This study aimed to develop software to assist the Quality Control sector of an agribusiness, located in the west of the state of Paraná, in order to facilitate control over the generation of warnings to employees who fail to comply with Good Manufacturing Practices in in relation to personal hygiene, necessary for food handling, thus guaranteeing better quality and safety of the elaborated products, creating a technology not yet available in the company, and optimizing the working time applied to the generation of warnings. The program was written in the Visual Basic for Applications (VBA) language, using Microsoft Excel 2016 software. Through a structured questionnaire applied before and after the development of the software, it was observed the expectations that the users had in relation to its functionality, and also questions that involve the quality of the program in operation. Users rated the software with an average final score of 9.2, highlighting their satisfaction, optimization of the time applied to the generation of warnings and, consequently, more intense demands on handlers for proper hygiene practices and guarantee of more quality to the products produced. Regarding the conduct of the handlers, regarding their personal hygiene and practices that involve it, the data obtained through the analysis of the records provided by the company, demonstrated that the non-conformities with greater incidence by the handlers were the presence of long nails with 338 records representing 31% of non-conformities, followed by the presence of a beard with 322 records and 29% and objects in the pocket with 144 records and 13%. It was also found that the incidence of non-conformities is greater from one section to another, with the freezing section with 7.16% representing the highest index and the mechanical refrigeration, sausage, refinery, grease and warehouse sections with 0%, configure the lowest index. Considering the evaluations applied to the Good Manufacturing Practices, to the company's employees, it was found that the non-conformities committed, do not coincide with the wrong answers presented in the evaluations, thus proving that it is not only the lack of knowledge that induces the handler to commit failures in hygiene practice, but also other issues intrinsic to human beings such as motivation, however, one should not exclude the practice and provision of training on Good Manufacturing Practices, and whenever possible and necessary entirely them about the rules and actions to be respected and adopted on the subject.
URI: http://repositorio.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/5221
Aparece nas coleções:MD - Programa de Pós-Graduação em Tecnologias Computacionais para o Agronegócio

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
softwaresupervisaofabricacaoagroindustria.pdf
  Disponível a partir de 2022-09-02
1,91 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir Solicitar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.